Página Principal   Livros   Teoria e Prática   5ª Edição   Índice 
=

Índice

 
Este é o índice da 5ª edição do livro Cálculo Financeiro. Teoria e Prática:
 
   Índice sintético
   Dedicatória
   Notas à 5ª edição
   Prefácio
   Formulário
1 – INTRODUÇÃO 
   Índice do capítulo
   Convenções utilizadas neste capítulo
   Objetivos
  1.1 – Enquadramento geral. O valor temporal do dinheiro. Necessidade de homogeneização de capitais reportados a momentos diferentes. Equivalência de capitais.
  1.2 – Capital, tempo e juro. Operações financeiras: Conceitos e Intervenientes.
  1.3 – O juro: conceito e cálculo.
  1.4 – Regimes de capitalização. Breve caracterização.
  1.5 – Taxas de juro: diferentes conceitos. Breve Referência.
  Exercícios propostos 

2 – REGIMES DE EQUIVALÊNCIA 

   Índice do capítulo
   Convenções utilizadas neste capítulo
   Objetivos
  2.1 – Regime de juro simples.
  2.2 – Regime de juro composto.
  Apêndice: a "Regra dos 72"
  Exercícios propostos 

3 – EQUIVALÊNCIA DE CAPITAIS

   Índice do capítulo
   Objetivos
  3.1 – Capitalização e atualização. Caracterização.
  3.2 – Equivalência de capitais em regime de juro simples.
  3.3 – Equivalência de capitais em regime de juro composto.
  3.4 – Fatores de equivalência: quadro-resumo.
  3.5 – Equações de equivalência. 
  3.6 – Análise crítica das diferentes abordagens de equivalência de capitais. Importância da data focal no desconto simples. 
  Exercícios propostos

4 – RENDAS EM REGIME DE JURO COMPOSTO 

   Índice do capítulo
   Convenções utilizadas neste capítulo
   Objetivos
  4.1 – Conceito e caracterização. Representação gráfica. Definição de momento de referência, origem, valor acumulado e valor atual de uma renda de termos quaisquer.
  4.2 – Classificação das rendas.
  4.3 – Rendas temporárias.
    4.3.1 – Rendas temporárias de termos constantes.
    4.3.2 – Rendas temporárias de termos variáveis.
      4.3.2.1 – Rendas temporárias de termos variáveis em progressão aritmética.
      4.3.2.2 – Rendas temporárias de termos variáveis em progressão geométrica.
  4.4 – Rendas perpétuas.
    4.4.1 – Rendas perpétuas de termos constantes.
    4.4.2 – Rendas perpétuas de termos variáveis.
  4.5 – Rendas em regime de juro composto: sistematização e síntese.
  Exercícios propostos 

5 – AMORTIZAÇÃO DE EMPRÉSTIMOS CLÁSSICOS 

   Índice do capítulo
   Objetivos
  5.1 – Generalidades relativas a amortização de empréstimos. O quadro de amortização.
  5.2 – Algumas modalidades de amortização de empréstimos.
    5.2.1 – Sistema Francês.
      5.2.1.1 – Sistema Francês “Puro”.
      5.2.1.2 – Sistema Francês com prazo de carência.
      5.2.1.3 – Sistema Francês com prazo de diferimento.
      5.2.1.4 – Sistema Francês com prestações antecipadas.
      5.2.1.5 – A locação financeira.
    5.2.2 – Sistema de Amortizações Constantes.
      5.2.2.1 – Sistema de Amortizações Constantes “Puro” (juros pagos periodicamente).
      5.2.2.2 – Sistema de Amortizações Constantes com juros pagos “à cabeça”.
      5.2.2.3 – Sistema de Amortizações Constantes com juros pagos no final do prazo.
    5.2.3 – Sistema Americano.
      5.2.3.1 – Sistema Americano “Puro” (juros pagos periodicamente).
      5.2.3.2 – Sistema Americano com juros pagos “à cabeça”.
      5.2.3.3 – Sistema Americano com juros pagos no final do prazo.
      5.2.3.4 – O fundo de amortização.
  Apêndice 1 – A T.A.E.G. – Taxa Anual de Encargos Efetiva Global.
  Apêndice 2 – Outras modalidades de amortização de empréstimos.
  Apêndice 3 – Euribor negativa: implicações em contratos de crédito sem cláusula de salvaguarda
  Exercícios propostos 

6 – EMPRÉSTIMOS OBRIGACIONISTAS

   Índice do capítulo
   Objetivos
  6.1 – Generalidades relativas a empréstimos obrigacionistas. O Quadro de Amortização.
  6.2 – Algumas modalidades de amortização de empréstimos obrigacionistas.
  6.3 – Aspetos específicos dos empréstimos obrigacionistas.
  Exercícios propostos 

7 – NOÇÕES BÁSICAS DE AVALIAÇÃO DE INVESTIMENTOS

   Índice do capítulo
   Convenções utilizadas neste capítulo
   Objetivos
  7.1 – Introdução. Investimentos em ativos reais e investimentos em ativos financeiros.
  7.2 – Avaliação de investimentos em ativos reais.
  7.3 – Avaliação de investimentos em ativos financeiros.
  Exercícios propostos 

ANEXOS 

  Anexo I – Conceitos fundamentais de Matemática e alguns exemplos de aplicação no Cálculo Financeiro.
  Anexo II – Referências gerais sobre utilização de calculadoras financeiras.
  Anexo III – Tabelas Financeiras.
  Anexo IV – Soluções dos exercícios propostos.
BIBLIOGRAFIA
ÍNDICE REMISSIVO
ÍNDICE ANALÍTICO

parajumper norge moncler jakke parajumper salg uggs salg parajumper jakke barbour jakke canada goose norge canada goose jas parajumpers jassen moncler muts belstaff jas moncler jas duvetica jas peuterey jas
 
Testemunhos Enviar
Catarina Vilela 2010-03-23 ISGB Aluna O professor Rogério é o melhor do Mundo sem dúvida! :)
Ver todos
 
Termo do dia Ver Glossário
Basis point (ou ponto-base)
Variação de 0,01% em determinada taxa. Exemplo: se a taxa Euribor a 6 meses passou de 2,20% para 2,10% em determinado período, diz-se que ela diminiu 10 pontos-base nesse período.
(c) 2014 Rogério Matias. Todos os direitos reservados.