Página Principal   Livros   Teoria e Prática   3ª Edição   Descrição 
=

Descrição

 

Relativamente à  2ª edição as principais alterações são as seguintes:

  • Revisão e actualização da exposição teórica, exemplos e exercícios em virtude de alterações legislativas entretanto ocorridas, em particular o Decreto-Lei nº 88/2008, de 29 de Maio que, entre outras coisas, veio impor a utilização da base ACT/360 no cálculo de juros de depósitos bancários, e a alteração da taxa do IVA de 21% para 20%.
  • Enriquecimento do conteúdo do CD-ROM, especialmente ao nível da legislação, mas não só.
  

   EDIÇÃO  
  ANO   2009
  ISBN   978-972-592-243-9
  PÁGS   790
  NOTA   Esgotado

 

parajumper norge moncler jakke parajumper salg uggs salg parajumper jakke barbour jakke canada goose norge canada goose jas parajumpers jassen moncler muts belstaff jas moncler jas duvetica jas peuterey jas
 
Testemunhos Enviar
Professor Doutor João Borges de Assunção 2012-10-21 Católica Lisbon School of Business and Economics Universidade Católica Portuguesa Mantenho tudo o que tenho escrito nos prefácios das edições anteriores. E é um grande privilégio observar o invulgar sucesso que a obra tem vindo a demonstrar na prática (in Prefácio, 4ª edição).
Ver todos
 
Termo do dia Ver Glossário
Renda perpétua
Diz-se habitualmente que uma renda é perpétua se o seu número de termos é ilimitado. É uma má definição. É preferível dizer que uma renda é perpétua se o seu último termo já não acrescentar valor significativo ao valor actual (global) da renda (numa renda perpétua só faz sentido calcular o respectivo valor actual, não o valor acumulado). É perfeitamente possível que uma renda com 100 termos, por exemplo (número limitado e baixo, portanto) possa ser considerada como "perpétua" (basta que a taxa seja suficientemente elevada para que o valor actual do 100º termo se aproxime de 0). No fundo, o que determina se uma renda é perpétua ou temporária não é (apenas) o número dos seus termos, mas sim o número de termos e (também) a taxa considerada.
(c) 2014 Rogério Matias. Todos os direitos reservados.